DE PASSAGEM...

sábado, 10 de março de 2012

Medalha de Mérito

Para quem me conhece minimamente, sabe que não sou nada destas “coisas”, mas por respeito a quem decidiu atribuir-me tal distinção, lá fui hoje até Peniche, local escolhido pelo SNEET (Sindicato Nacional dos Engenheiros, Engenheiros Técnicos e Arquitectos) para fazer a entrega das primeiras Medalhas de Mérito (Bronze Dourado) e respectivos Diplomas, bem como os Titulos de “PROTECTOR do Conselho dos Notaveis”, a 70 Sócios que ao longo das ultimas décadas, no seu entender, e "através dos seus esforços, contribuiram para dignificação da Engenharia, Arquitectura e/ou engrandecimento do Sindicato".
Dado que não sou Arquitecto, nem nunca fiz mais do que pagar anualmente as quotas do Sindicato...sinto-me muito honrado em fazer parte daqueles que dignificaram a Engenharia.
Num momento destes, sinto-me obrigado a parar para pensar e fazer uma retrospectiva do que foram os meus 31 anos de actividade profissional, infelizmente interrompida/terminada durante o ano de 2011.
Como em tudo na minha vida, sempre segui os principios que desde muito novo me foram sendo ensinados, com principal destaque para a Honestidade, a Disciplina e o Rigor.
Obviamente que, ao exercer a minha profissão seguindo esses principios, e como não podia deixar de ser, muitos foram os obstaculos que se me depararam, os quais, inevitavelmente, implicaram muitas noites mal dormidas e desencontros com alguns colegas e superiores hierarquicos.
Porque sou de ideias fixas, hoje, voltaria a seguir os mesmos critérios de rigor, quer na Direção das obras, quer na gestão dos recursos humanos e materiais das mesmas.
Foi com esse rigor que consegui obter resultados positivos em cerca de 95% das obras que tive a meu cargo...e se mais não consegui...foi por não ser “santo milagreiro”.
Certamente que fui prejudicado ao longo da minha carreira pelo simples facto de não ser “lambe-botas”...mas não me arrependo, e prefiro deixar esses atributos para outros que queiram subir na vida pelo caminho mais facil.
Ao SNEET, o meu MUITO OBRIGADO pela distinção de que fui alvo, mas acreditem que mais não fiz durante a minha carreira profissional, do que guiá-la com os principios acima indicados.

3 comentários:

Marco Guerra disse...

Muitos Parabéns por esta distinção! Para mim mais que merecida pois quem merece, merece e mais nada. São estas distinções que mostram que existe o bom e o menos bom em certas áreas e os bons merecem ser distinguidos.

Abraço

ANTÓNIO RESENDE disse...

Mesmo não sendo competente para te avaliar nesse domínio, vejo em ti aquilo que és UM AMIGO!
Podendo, deves agora aproveitar o que a Vida tem de bom: VIAJAR.
Vamos a isso?!
O meu abraço
A R

Carla Coelho disse...

Distinção merecida... claro está... :)
Beijinho meu e um abraço do Rui!