DE PASSAGEM...

domingo, 3 de junho de 2012

Dias 55 a 57 - Pelos Fiordes, até ao Sol da meia-noite...

Dia 55 – 31/05/2012 – Jamsa (FIN) / Ruissalon (FIN) – 376/13.507 km
Dia cinzento, muitos quilometros andados, e quanto a destaques...
A Alexander's Church....em Tampere
...e Rauma, Património Mundial da Unesco...
Já agora, a escassos quilómetros de Rauma, existe um outro local com idêntica classificação, o qual, para além de deficiente sinalização para se conseguir lá chegar, ainda nos deixou a pensar como terá conseguido tal distinção...
Acabámos por virar bem perto de Turku, num local chamado Ruissalon, onde num pequeno parque asfaltado (N 60º25’59’’ E 22º10’44’’), já se encontrava uma AC finlandesa.
E enquanto escrevo este texto...vou ouvindo o chilrear dos passarinhos, numa “quase” noite, pois ainda não foi hoje que se fez mesmo escuro.

Dia 56 – 01/06/2012 – Ruissalon (FIN) / Helsinquia (FIN) – 210/13.717 km
De manhã o tempo esteve razoavel, mas sem nada de interessante para ver até aqui a Helsinquia.
A meio da tarde, fomos dar uma volta pelas ruas da cidade, e o S.Pedro pregou-nos uma partida...nós, que costumamos passear a pé, prevenidos contra a chuva, fiámo-nos no sol, e chegámos a pingar...
Pelo meio, algumas fotos, mas que nem vou publicar, pois espero que amanhã o tempo esteja melhor, então repetirei algumas e logo se vê o que publicarei.
Assim, aqui ficam apenas algumas de quando ainda havia um pouco de sol
Com destaque para a Temppeliaukio Church, toda construida no interior de rocha
Quanto á dormida, estamos no parque junto ao estádio olimpico (N 60º11’01’’ E 24º55’40’’).
Até virmos para aqui, estivémos num outro local (N 60º10’35’’ E 24º57’18’’), junto a um dos braços de mar, onde tal como aqui é gratuito e havia wi-fi livre...mas como se tratava de uma rua, e não tinha conseguido estacionamento prependicular á via, resolvi mudar-me para este que me parece bem mais sossegado.

Dia 57 – 02/06/2012 – Helsinquia (FIN) – 069/13.786 km
Ao contrário de ontem, manhã muito farrusca e até com chuva e a meio da tarde lá apareceu o sol.
De manhã, tentativa sem sucesso de preparar a troca da nossa garrafa de Campingaz R901.
Várias pessoas nos tinham dito que o material da Campingaz há em toda a Europa...não esperávamos é que, no caso de alguns produtos, a Europa terminasse na Alemanha J
O alerta aqui fica, botijas R901 R904 e R907...quem as quiser, tem de as arranjar/trocar até á Alemanha, depois disso, nem vê-las.
Ainda antes do almoço, visita á Uspenski Catedral, a maior igreja ortodoxa da Europa  Ocidental
De estomago já aconchegado, demos uma volta pela cidade com a Tuguinha, até ir estacionar no local onde haviamos dormido, pois tencionava ir visitar o Estádio onde se realizaram as Olimpiadas de 1952...isto é, ainda eu não era nascido J
E lá do alto da bancada, a nossa “casinha” ali no meio do parque... J
Anexo ao Estádio Olimpico, encontra-se o Museu da Fundação do Desporto da Finlandia, onde são evocados os grandes feitos dos atletas filandeses ao longo dos tempos.
Infelizmente, quando lá cheguei, faltavam 3 minutos para fechar, pelo que apenas consegui fazer umas fotos do hall de entrada   
Foi pena, pois tinha curiosidade em ver fotos do Lasse Viren, quem sabe se o Carlos Lopes, ainda aparecia por lá a fazer medalha de prata nas Olimpiadas de 1976 em Montreal...ou então algum saquinho das transfusões de sangue que o finlandês fez na altura e de cujo método foi um dos pioneiros... J
E a seguir o Finnair Stadion, “casa” habitual do F.C.Helsinquia.
Depois e com o sol a querer espreitar, viémos até ao primeiro parque de ontem, e daqui lá seguimos para nova visita, mas desta vez preparados para as partidas do S.Pedro.
...e tantos outros edificios de rara beleza e muito bem conservados...
Ainda um destaque para a Catedral de Helsinquia, luterana como quase todas, enorme como poucas outras. mas que, apesar de tão conhecida e famosa, consideramos que em termos de “acolhimento” é bem inferior á de Oulu.
Em jeito de balanço, nota muito positiva para Helsinquia, a mais elevada entre as capitais nordicas.
Hoje, acabámos por ficar a pernoitar no local onde ontem tinhamos estacionado durante a tarde, mas nos tais lugares prependiculares á via e ao braço de mar, e assim já sem os carros a passarem mesmo junto a nós.
Amanhã ás 11,30, seguiremos viagem por ferry em direção a Tallin, terminando assim a nossa visita aos paises nórdicos e entrando nos bálticos.
Serão 2,30h até lá, e oxalá o tempo esteja, pelo menos, sem chuva, pois pelos relatos que fui lendo ao longo da preparação da viagem, o inicio da travessia é de muita beleza, nomeadamente a fortaleza que hoje se chama Suomenlinna, uma das maiores do mundo e construida ao longo de 6 ilhas, e também ela declarada pela Unesco, Patrimonio Mundial da Humanidade.

4 comentários:

João Morgado disse...

Olá viajantes

Mais uma rodada de boas fotografias para nos espicaçar a vontade de viajar.

Continuação de boa viagem

João Morgado disse...

Olá viajantes

Mais uma rodada de boas fotografias para nos espicaçar a vontade de viajar.

Continuação de boa viagem

ANTÓNIO RESENDE disse...

Em muitas das fotos revi a minha já longínqua viagem de há 5 anos.
A foto mais interessante - é sem dúvida - A DA BICICLETA DA BIA!!!
O meu abraço para vcs..
António Resende

david estrela disse...

olá manuel !
também estivemos uns dias nesse enorme parking junto ao estádio olímpico mas depois saímos por causa de um festival que ia lá acontecer,mas sem dúvida que o local é bom.
sobre a catedral deoulu não entrámos porque estava a decorrer uma qualquer cerimónia privada.
continuação de boa viagem para vocês
um abraço
david+marilia